Skip to content

FAB finaliza participação na Operação Angel Thunder

30/04/2010

Após duas semanas de intensa atividade, militares da FAB finalizam participação na Operação Angel Thunder (23/04), ocorrida na cidade de Tucson, Arizona-EUA.

“Foi feito um trabalho conjunto entre os pilotos brasileiros e americanos, com troca de idéias sobre como cada Força opera suas aeronaves. Ficamos muito impressionados com a pró-atividade dos oficiais brasileiros.” assim definiu o responsável pelas equipes estrangeiras no exercício, o Coronel John Alvarez, da Força Aérea Americana.

Durante a Operação foram feitas diversas missões com níveis variados de complexidade em que se objetivava o resgate de pessoal em combate ou em situações de perigo. Os militares brasileiros puderam voar nas aeronaves HH60 – Pave Hawk e no HC-130, e estarem inseridos em cenários com a presença de tropas inimigas, assim como, em situações de calamidades, como terremotos.

Foi possível junto aos militares americanos conhecer as mais modernas técnicas e metodologias neste tipo de missão, que foram aplicados em recentes conflitos em que os EUA participaram.

Para o Tenente Coronel Luiz Marques de Lima, Comandante do 5º/8º Grupo de Aviação, a FAB está vivenciando um momento histórico: “Estão sendo feitas aquisições de novos helicópteros e a consolidação da doutrina de busca e resgate. Pudemos ver durante o exercício que estamos no caminho certo”.

Photo: Adrian Pingstone

Da mesma forma, na opinião do Tenente Coronel Potiguara Vieira Campos, Comandante do 2º/10º Grupo de Aviação, todo o esforço para que o Brasil participasse foi muito importante e o que foi aprendido será muito útil para o salvamento de vidas em situações de catástrofes e de emergência, tanto no Brasil como em auxílio a outros países.

O Esquadrão Aeroterrestre de Salvamento (EAS), mais conhecido como PARASAR, além de operar com os militares das Forças Especiais Americanas, pôde também estar ao lado das tropas do Chile e Colômbia.

“O intercâmbio e o treinamento serviram para que todos pudessem estar mais habilitados a trazerem o mais rápido possível, pessoas e combatentes para uma situação segura. O Brasil é um país muito bem-vindo e sua participação engrandeceu o evento” finalizou o Cel Billy Thompson, Diretor Geral do Exercício.

Fonte: Do enviado especial, Tenente-Coronel Sun Rei Von

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: