Skip to content

RallyAir faz uma festa no céu de Itirapina

11/11/2009

Pilotos e Aeronaves dão show no Complexo do Broa
Mesmo com céu nublado no período da manhã deste sábado, a segunda etapa do RalyAir aconteceu sem transtornos. Desde cedo, a movimentação no aeródromo Dr. José Arruda Botelho, no Complexo do Broa, em Itirapina, região de São Carlos-SP, era grande. Apresentações acrobáticas, demonstração de voos com as aeronaves e entrevistas com as equipes competidoras deram início à brilhante festa aérea.
O céu nublado no período da manhã atrapalhou a chegada de alguns pilotos de outras regiões do país, que não conseguiram decolar de seus locais de origem, outros competidores chegaram atrasados. Entretanto, de acordo com um dos promotores e idealizador do evento, Roque Veviurka, o atraso no início das competições, que só aconteceu após o meio dia, serviu para familiarizar ainda mais o púbico com o evento e este pôde curtir outras atrações. “Claro que gostaríamos que não tivesse atrasado, mas com o tempo, nossa vontade apenas não basta. No entanto, com o atraso, notei que as pessoas que estavam presentes, puderam aproveitar também as outras atrações do local. E isso, sem dúvida só vem a somar ao RallyAir que a cada dia ganha mais admiradores”, comentou Veviurka. Ele destacou também, que a cada dia o evento vem se consagrando como atração esportiva principal no calendário de esportes brasileiro. “Eu sempre digo que o RallyAr já nasceu grande, pois é do tamanho da vontade dos organizadores e participantes, mas sabemos que muito ainda temos a crescer. Por isso, a cada etapa, nosso esforço e dedicação de redobram para que o povo seja contemplado com algo belo como são as competições e tudo o que as envolve.
Competição testou a pericia dos participantes
Para o também organizador do evento, o empresário Fernando Botelho, “A vontade fortalece ainda mais o desejo de desenvolver projetos que façam com que as pessoas sintam-se valorizadas”. Durante toda a manhã, o empresário mostrou sua coleção de automóveis antigos, e totalmente conservados. No entanto, Botelho dedicou atenção especial aos seus aviões. Os participantes e a imprensa puderam fotografar a frota de aeronaves do colecionador e saber um pouco da história de cada uma delas, contada pelo proprietário que, além de conhecimento, demonstrou perícia na condução de seus aviões.
À tarde, com o sol brilhando, depois de reuniões com as equipes participantes para instruções e os últimos ajustes, deu-se início a competição. Entre uma decolagem e outra dos participantes, sobrava tempo para mais demonstrações aéreas.
A chegada do Albatross (um dos aviões anfíbios mais clássicos do mundo), roubou a cena no complexo do Broa, presenteando os presentes com a oportunidade de conhecer o único modelo em voo na América Latina. A aeronave ficou famosa por ter sido usada para as filmagens de Mercenários, filme protagonizado por Silvester Stalone.
Vencedores do dia
Centro das atenções, entre os pilotos, a dupla argentina, formada pelo piloto Gustavo Passano e pelo navegador Omar Gilberto, destacou a beleza e profissionalismos com que o RallyAir foi tratado. “É impressionante a capacidade de organização da equipe. Não nos faltou nada aqui desde que chegamos, na quinta-feira. Vamos nos esforçar para que nas próximas edições do RalyAir, possamos estar no Brasil, na só para competir, mas para rever as pessoas e fazer novas amizades”, disse Gilberto.
Passano foi enfático ao dizer que nunca viu antes algo semelhante em se tratando de aviação. “Isto aqui é um encontro de amigos. Não dá mais vontade de ir embora. A prova é deliciosa, uma competição ímpar, gostosa de se fazer. Sem dúvidas o RallyAir foi é a grande ideia que faltava dentro da aviação ”, frisou.
Depois de muitas decolagens, pousos e navegações aéreas, já no final da tarde deste sábado foram conhecidos os vencedores do dia. A dupla de Bragança Paulista, Alexandre Harino Sardinha e Gabriel Bertoleto Ferreira, ficou com o primeiro lugar no Pouso de Precisão. Os veteranos da aviação Brigadeiro Edegard de Oliveira e Ulisses Berggrin faturaram o primeiro lugar no Cálculo de Consumo de Combustível e, de quebra o terceiro lugar geral deste sábado.
O segundo lugar ficou com a dupla Caio Camargo e Rubens Fernandes Martins. Alexandre Medina e Allan Enz foram os campeões da segunda etapa do RallyAir.

 

Realização: CRAB – Assessoria de Imprensa: Ricardo Tesseroli – MT 6334. Fotos: site aviacaopaulista.com

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: